Post: 12073 | Data: 19/01/2018 | Visitas: 242

Salário de dezembro dos profissionais da Educação de Várzea da Roça será pago em até 5x, informa Coordenadora da APLB

A cidade de Várzea da Roça, composta por 14.662 pessoas, com localização geográfica na Bacia do Jacuípe, registrou na manhã desta sexta-feira, 19 de janeiro, na sede da Prefeitura Municipal, uma reunião com o prefeito Floury, PMDB, membros do seu governo e representantes da APLB Sindicato, entidade de classe coordenada pela professora Margarida. Assunto em pauta: pagamento do salário de dezembro de 2017, dos profissionais da Educação de Várzea da Roça, tendo com resultado um acordo entre a gestão municipal e a categoria: o salário será pago em até cinco vezes, com primeiro pagamento a partir de fevereiro. “Analisamos vários aspectos e diante da real situação do município, mesmo a gente sabendo que isso é prejudicial ao servidor, aceitamos porque a maioria achou viável”, colocou a coordenadora em conversa com o REPORTERBAHIA.COM e disse mais: “lembrando que essa decisão foi tomada após muito debate entre a direção da APLB e seus membros, com participação também do executivo”, colocou Margarida.

 

Perguntamos o que aconteceu de fato para a gestão fechar o ano sem efetuar o pagamento do salário da categoria, a Coordenadora da APLB respondeu: “Na verdade, se a gente analisar os números houve uma queda de mais de R$ 600 mil reais nas verbas do FUNDEB, em relação a 2016, mas não vejo isso como justificativa. Quando a gente recebe menos, tem que gastar menos. Ele (prefeito Loury) não começou o ano economizando, o que foi alertado pela APLB em várias oportunidades. Resultado: quando ele percebeu que precisava economizar, já havia atrasos e foi gerando uma bola de neve”, relatou a Coordenadora. Ainda sobre os problemas administrativos no olhar da APLB, a professora Margarida acrescentou: “Atraso salarial desse tamanho, foi o primeiro, mas ele começou atrasando outras coisas que são pagas com a mesma verba, ao final, não conseguiu pagar dezembro”, explicou Margarida.

 

Quanto ao pagamento do 13º salário e 1/3 de férias, a Coordenadora da APLB explicou que o 13º salário foi pago mesmo com atraso, mas a gestão conseguiu cumprir com esse direito no final do ano passado, quanto ao pagamento do 1/3 de férias, a informação da gestão é que será depositado ainda nesta sexta-feira na conta dos profissionais da Educação de Várzea da Roça.

 

Quanto ao número de profissionais da Educação de Várzea da Roça, a Coordenadora informou que não possui números exatos da entidade de classe devido a mudança do quadro ano após ano. “Alguns estão ocupando cargos, outros aposentaram, mas acredito que temos em torno de 140 professores efetivos no município”, colocou a Coordenadora que participará do Jornal Transamérica 2ª edição desta sexta-feira, no horário das 18h, com mais informações sobre os temas em destaque.

 

Texto: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA - Foto: Divulgação Google.

www.reporterbahia.com
Por: Arnaldo Silva

Seja o primeiro a comentar esta postagem!


Nome:

Comentário:

Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779