Post: 12190 | Data: 09/02/2018 | Visitas: 143

Vereadores de São José do Jacuípe revogam lei de pagamento do 13º salário e 1/3 de férias para agentes públicos.

Não tem recursos para atender o projeto votado pelos pares da casa”, diz presidente

 

Foi votado na segunda-feira, 05 de fevereiro, na Câmara Municipal de Vereadores, de São José do Jacuípe, projeto de lei 432 de 07 de fevereiro de 2018, em suprimento a lei 424 de 12 de dezembro de 2017, que determinava o pagamento do 13º salário e 1/3 de férias, a agentes públicos do município: Prefeito, Vice-prefeito, secretários e vereadores.

 

A falta de recursos como afirmou o presidente da Câmara de Vereadores, Gerson Guimarães, em entrevista ao Jornal Transamérica 2ª edição, foi a justificativa para que o Poder Legislativo do Município recuasse da decisão anunciada em dezembro. “Não tem recursos para atender o projeto votado pelos pares da casa. Ou a gente baixa o salário dos vereadores ou revoga o projeto de lei”, disse o presidente.

 

Outro ponto colocado pelo presidente foi a respeito do índice. “Meu índice está em 68%, com o pagamento do 13º salário e 1/3 de férias, vou ultrapassar e minhas contas serão reprovadas”, explicou Gerson Guimarães.

 

Votaram a favor da revogação: Rosemilson Vilaronga, Gerson Guimarães, Juscelio, Bete de Vadinho, Tea de Itatiaia, El de Caria. Votaram contra a revogação: Tonho de Nonó, Zé de Tote e Zé de Herculano.

 

O município de São José do Jacuípe registra em seus anais financeiros, débito de R$ 10 milhões de reais, da Caixa de Previdência, uma folha de pagamento na casa dos 63%, correspondente a R$ 1,1 milhão de reais, um setor de educação com dificuldades para fechar as contas, tendo como justificativa de Susara Rios, secretária de Educação do Município, que o FUNDEB não paga as contas, um débito de quase R$ 200 mil reais da prefeitura com a Caixa de Previdência, dentre outras situações que coloca São José do Jacuípe em sinal de alerta em relação as contas públicas.

 

Acompanhar a revogação do projeto que pedia pelo pagamento do 13º salário e 1/3 de férias, entra na conta da sensatez por parte da maioria dos edis que compõem o Poder Legislativo de São José do Jacuípe.

 

Texto: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA - Foto Antoniel Alves (Colaboração).

www.reporterbahia.com
Por: Arnaldo Silva

Seja o primeiro a comentar esta postagem!


Nome:

Comentário:

Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779


utilizadores online