Pé de Serra – 61ª Festa de Vaqueiros e Fazendeiros superou as expectativas dos organizadores

Postado em: 07/01/2019 | Por: Raimundo Mascarenhas

Um grande número de jovens inclusive mobilizados através de redes sociais prometem manter a tradição de mais de meio século.

 

Terminou nas primeiras horas desta segunda-feira, dia 07, a 61ª edição da Festa de Vaqueiros e Fazendeiros de Pé de Serra, município localizado no território do Jacuípe. A programação foi aberta no sábado (05), com a Farra dos Cavaleiros e contou com as bandas Tomaz Oliveira, Daniel Vieira, Kart Love e Cavaleiros do Forró.

 

No Domingo (06), pela tarde o tradicional desfile de vaqueiros, amazonas, rainhas, princesas e grupos, superando as expectativas dos organizadores.

O desfile saiu do Parque de Vaquejada situado as margens da estrada vicinal de acesso ao Povoado de Santo Agostinho, passando em frente da Prefeitura e da Câmara, Praça da Matriz, Monte Belo e retornando a Praça da Matriz de onde seguiu a um espaço reservado para os julgamentos e as coroações das princesas e rainha.

 

À noite, na praça de eventos se apresentaram as bandas Fonseca do Acordeom, Tomaz Oliveira, Forró do Tico, DNA do Vaqueiro e Brasas do Forró.

O sanfoneiro e empresário do ramos de internet, Altemar Rios, lembrou que e festa de vaqueiros e fazendeiros é tradicional e, na sua opinião, era incrementada quando vinculada a igreja católica e na mesma data comemorava o Dia dos Santos Reis. O empresário ao falar da festa de vaqueiros ao Calila News disse que a mesma continua firme e forte e a cada ano aumenta o número de grupos organizado no evento.

Altemar Rios é um dos idealizadores no movimento “Pé de Serra Jovem”, um grupo que discute um novo rumo para a política local, disse acreditar que os poderes públicos podem fazer mais pelo evento, pois, é um momento importante de geração de emprego e renda, aquece todo comércio desde os bares, postos de combustíveis, restaurantes, entre outros.

4

Altemar estava acompanhado do médico Tiago Rios, líder de outro movimento nas redes sociais intitulado “#reviverpedeserra”, que também prega uma política diferenciada e com foco no desenvolvimento local. Doutor Tiago como é conhecido na cidade, confirmou que a festa atrai muitos vaqueiros e fazendeiros de várias cidades e se consagrou em toda região.

História da festa

 

Segundo histórico publicada na Fanpage da festa de vaqueiros e fazendeiro de Pé de Serra, tudo começou em 1955 quando os vaqueiros de Pé de Serra liderados por Heraldo Pinto, Elizeu Pereira Gomes, Romão Carneiro de Oliveira, Manezinho da Varginha e Izidório Joaquim dos Santos conquistaram uma imagem de Cristo Rei, como prêmio por angariar mais recursos para a realização de uma festa religiosa em Riachão do Jacuípe.

A primeira festa foi uma grande cavalgada para a recepção dessa imagem que chegou sobre o cabeçote do cavalo do Sr. Izidório, sendo recepcionada com muita festa pela comunidade local. Izidório, como primeiro presidente, fez sua festa em 1956.

 

Desde então a festa vem sendo realizada todos os anos com algumas exceções por causa da seca ou outra causa maior, até os dias atuais e reúne cerca de 10 mil pessoas e 1.500 cavalos. Sem fins lucrativos, a festa tem em sua programação um belo Desfile de Vaqueiros pelas principais ruas da cidade o qual é muito prestigiado pelos moradores e visitantes. Tem também Concursos de Marcha e diversas premiações para Vaqueiros e Grupos de Montaria.

A Praça Principal é tomada por barracas que são muito frequentadas já na noite de sábado, bem como também durante todo o domingo. Acontece também na praça shows de bandas geralmente de forró bem como de outras variedades rítmicas.

 

www.calilanoticias.com
Postagem nº: 14045 | Visitas: 148


PUBLICIDADE



Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779


utilizadores online